Sensualidade: Vinhos Franceses Espumantes | Champagne e Bruts

Foto na home por Ritingon, no Flickr.

Ah, l`amour!

Estamos no Ano da França no Brasil, e não podemos deixar de falar dos vinhos[bb] dessa que é a pátria de vários dos grandes vinhos do mundo.

Seria impossível falar de todos os vinhos franceses[bb] em um só post, então eu resolvi falar de um tipo específico de vinho, os espumantes. Mas por que os espumantes?

Calma lá, como um bom amante vou começar devagar, pelas preliminares, e esquentar a brincadeira até chegar ao ponto (G?).

O que são os vinhos espumantes

Os espumantes são vinhos que têm um elevado nível de CO2, o dióxido de carbono. É isso que provoca suas borbulhas. Na taça chamamos  as bolhas que sobem do fundo do copo para a superfície de Perlage (um termo francês. Quanto mais fina e duradoura for a Perlage maior a chance do espumante ser de qualidade

Existem diversos tipos de espumantes: brancos, roses e tintos. Podemos classifica-los também pela quantidade de açucar residual em sua composição: Secos, normalmente chamados de Bruts (outra expressão francesa), extra-dry que seria algo entre o seco e o suave e os demi-secs (adivinha de onde vem esse termo) e os doces.

Espumantes Bruts e o Champagne

Champagne e morangos, clima perfeito para uma noite especial

Champagne, morangos e alguém muito especial, acompanhamento perfeito para uma noite inesquecível.

Os espumantes mais sofisticados e interessantes costumam ser os bruts. E um dos vinhos bruts mais famosos do mundo é o Champagne, que é um tipo particular de espumante. E o que diferencia esta nobre bebida dos outros vinhos? A principal característica é que Champagne é uma denominação de origem, ou seja para ser chamado como tal o vinho deve ser feito na região de Champagne[bb]. Existem outras características que definem um Champagne como tal, mas não vamos ficar aqui nos delongando com essas tecnicidades que podem ser facilmente encontradas na internet. Lembrando que há, também, outros espumantes franceses bem interessantes, principalmente no vale do Loire e na Borgonha.

Agora feche os olhos e imagine. Qual a primeira coisa que vem à cabeça quando pensamos em Champagne? Seria comemorações? Celebração? Felicidade? E isso leva a sorrisos, que leva a olhares, que leva a abraços, que leva a beijo na boca e por ai vai…

Outro ponto interessante do espumante (pelo menos os Bruts) é que ele pode ser servido durante toda uma refeição[bb], desde a entrada, passando pelos pratos principais até a sobremesa. Além do que os espumantes, gelados e refrescantes, são bem aceitos por qualquer um que goste de álcool e você não vai precisar se preocupar se aquele caso seu vai gostar ou não daquele super vinho tinto que você comprou. Todo mundo bebe espumante, vamos combinar.

Vinhos espumantes, sensualidade e erotismo

E pense que cena mais deliciosa: você e seu amor, com aquelas lindas taças, sorrindo e bebendo, com as borbulhas correndo pelo sangue… é um ótimo ambiente para o prazer e a sedução[bb].

Um bom espumante provoca reações deliciosas, enche os olhos, seu aroma é sensual, na língua faz cócegas. Imagine como deve ser prova-lo no corpo de seu amante? Hum?

Gostou? Vamos então para as dicas deste humilde sommelier:

Um pouco mais sobre vinhos espumantes.

Agora que você leu este post, nada de ficar chamando qualquer espumante de Champagne, ok?

Prosecco

Há algum tempo que um tipo específico de espumante italiano povoa as cartas de restaurantes e eventos em geral, o Prosecco. O Prosecco, além de dar nome a esse espumante é o nome da uva com o qual se faz a bebida e o original vem da região do Vêneto. Ou seja, também não vá chamando qualquer espumante de Prosecco.

Champagnes

Os Champagnes costumam ser caros, mesmo na França é um vinho caro. Então vai ser difícil achar um Champagne por menos de R$ 170,00 aqui no Brasil. As marcas mais conhecidas são Veuve Clicquot, Moët & Chandon e Mumm (aquela que é usada nos pódios da Formula 1). Mas existem dezenas de outros ótimos produtores.

Está afim de gastar menos? Procure pelos espumantes do Vale do Loire, eles também são deliciosos. O espumante do produtor Guy Saget foi servido na embaixada da França, durante esta ultima visita do presidente Nicolas Sarkozy ao Brasil.

Temos ótimos espumantes brasileiros também. Procure pelos exemplares da Casa Valduga, Marson, Salton, Cave de Amadeu e Angheben. [nota do editor, diversos dos vinhos citados podem ser encontrados no Submarino[bb]” /></a>]</p><p>Se for abrir uma garrafa durante o dia, permita-se experimentar um Rosé, eles tem uma coloração linda e combinam muito bem com eventos diurnos.</p><p>Os já citados <em><a
class=Proseccos[bb] também são uma bela pedida, mas fuja dos rótulos muito baratinhos.

E boa sorte… Qualquer dúvida é só chamar!

* O Sommelier Secreto tem 30 anos. É descendente de italianos e um  apaixonado por mulheres, vinhos e prazeres da vida. Quer saber mais? Ah, isso é segredo…

9 opiniões sobre “Sensualidade: Vinhos Franceses Espumantes | Champagne e Bruts”

  1. Pra quem tá no RJ eu indico champanheria maravilhosa chamada Ovelha Negra [comentário editado por não conformidade com regras AVS - link no corpo do comentário], ela fica em Botafogo, eu acho q tem em SP e no RS. E por acaso amanhã faremos o happy hour do pessoal trabalho lá. Bjs Thata

  2. Imaginação a mil…Baco, degustação…vinho…prazer…e um sommelier secreto…sonho de consumo….rsrs!!!

  3. Pecato!!! Mts predicados pra uma criatura só! rs Inteligente, ascendência italiana e gosta de vinho!!! Dio !!!

  4. Anonimato não devia valer para homem inteligente, apaixonado por mulheres e ainda por cima descendente de italianos… Isso é tortura!

  5. Ihhhhh, Sentimental… Vamos chegar a um impasse! Não estou autorizada a dizer nada sobre o moço, nem sob tortura!!! :) Acho que esse detalhe o faz ainda mais charmoso.

  6. Bê, tem como passar o endereço e telefone do somelier secreto??????? rs eu não tomo vinho, mas posso me divertir muuuuito com ele, adoro homem inteligente.

    bjs

Os comentários estão encerrados.