Arquivo da tag: auditeur

voyeur

A Vizinha | Conto Erótico

Se voyeur é o termo usado para aqueles que tem prazer sexual em observar alguém, como nomear aqueles que se excitam ao escutar? Auditeur, talvez?! Segue um conto erótico que ilustra bem este tipo de situação, onde uma vizinha fica de orelha em pé e mamilos eriçados.

“Recentemente passei por uma situação inusitada… No meio da semana passada cheguei do trabalho e, como de costume, fui para o banho. Estava um dia frio, e tudo o que eu queria era tomar um banho quentinho e cair na cama. Ando com o sono acumulado por esta coisa de horário de verão.

Esta imagem que ilustra o post é uma cena do excelente curta pornográfico Handcuffs (Las Esposas), de Erika Lust.

Tirei a roupa, dei uma olhada no espelho, entrei no box e liguei o chuveiro. Nem bem comecei a me ensaboar, percebi os gemidos da vizinha, super deliciosos… A cama pouco rangia, portanto imaginei que ela estivesse se masturbando e fiquei quietinha escutando.

Detalhe, nunca vi minha vizinha, não sei se é alta ou baixa, loura ou morena, magra ou gordinha… Nada! Apenas achei sexy ouvir outra mulher gemendo de prazer.

Onde moro, o banheiro dá para o quarto, como uma suíte, imaginei que ela estivesse se tocando na cama, e isso já me atiçou. Fiquei de orelha em pé, de ouvinte, daqueles gemidos deliciosos.

Pude perceber claramente quando gozou. Foi gostoso demais, um gemidinho mais longo, seguido de um silêncio e depois uma risadinha… Foi quando percebi que ela não estava só, pois ouvi uma voz masculina brincando com ela.

E se imaginar que ela estava sozinha me animou, imaginá-la com alguém mexeu ainda mais comigo. Continuei meu banho, até que a cama começou a ranger, o ritmo alternava. Ora mais rápido, ora mais lento. E os gemidos dela também, as vezes ficavam mais altos e noutras vezes desapareciam.

Impossível saber o que faziam ou diziam, mas a situação em si era tão sensual…

Em determinado momento o ritmo do ranger da cama ficou mais intenso, e não demorou ouví-la gemer alto novamente, dessa vez seguida por um gemido dele também. Sabe aquele “ahhhhh” típico?

Pois bem, quando vi estava me masturbando no box, ouvir tudo aquilo me deixou muito excitada, foi tanto que resolvi ir pra minha cama.

Me sequei rapidamente, fui para baixo das cobertas, me masturbando freneticamente. Tive orgasmos seguidos, pois fiquei com o clitoris bem sensível, acho que gozei umas três vezes. Daqueles gozos intensos que provocam espasmos seguidos de prazer.

Praticamente desmaiei de gozo… Acordei no meio da madruga, nua, com frio, em um total silêncio, mas totalmente saciada.

E se existe o termo voyeur, para aqueles que tem prazer sexual em observar os outros, creio que nesta noite fui uma auditeur, digamos assim, nem que seja de ocasião. Será que mais alguém já se viu em uma situação assim?”

_______________________________________

* Talvez você queira ler outros textos relacionados a exibicionismo e voyeurismo: