Amizade é Amizade. Sexo é Sexo.

Recentemente escrevi aqui sobre amigos com benefícios, as amizades coloridas (ai que termo velho, acabei de ver que no facebook há esta opção de status de relacionamento… rs). Uma alternativa de relacionamento para aquelas fases em que queremos sexo, mas não estamos na vibe de ficar procurando. Sexo eventual com quem conhecemos, sem a carga de um compromisso mais sério.

Imagem: Fabricio Contreras, no Flickr

E até pode ser a opção para alguns, mas… Será que todo amigo é potencialmente um “beneficiável”? Hmmm… Não sei. Quero apenas levantar o questionamento e deixar os comentários abertos para debates.

Dia desses papeando com um amigo no MSN – amigo com o qual converso mil safadezas, mas que, confesso, creio que este sempre será o nível máximo da nossa “relação sexual” – surgiu um comentário sobre um futuro encontro dele com uma menina. Normal, conversamos o tempo todo sobre estes assuntos. No meio do papo ele comentou algo como: “É curioso… Preciso manter certa distância de amizade para fazer sexo casual.” E a frase dele me fez refletir.

A Intimidade da Amizade Ajuda ou Atrapalha o Sexo Casual?

Tudo na vida tem prós e contras. E pra saber se algo dará certo ou não, realmente depende do que vem depois.

Nem estou entrando no mérito daquelas relações assexuadas, onde a amizade é tão forte que sequer percebemos qualquer possibilidade além dela…

Falo exatamente daquelas em que há um eterno “quase”. E atravessar a tênue linha entre a tensão sexual e o sexo propriamente dito, é uma decisão que deve ser muito pensada. Nem sempre este caminho tem volta.

Viver é correr riscos, mas… Pesar que riscos valem a pena ser corridos é exatamente a questão. Ter amigos sem a complicação do sexo, também é muito legal.

E você, o que pensa disso?