Jesus ama a todos. Jesus ama os homossexuais.

A Vanguarda do Sexo Cristão

Debater Para Informar

Há alguns anos (desde 2007) o site Sexo Cristãowww.sexocristao.com – que fala da sexualidade dos casais sob um ponto de vista cristão, revolucionou a rede com matérias esclarecedoras (do tipo: Sexo oral é pecado?) e aconselhamentos totalmente direcionados ao seu segmento. Que eu me lembre, até então nenhum site do gênero havia falado tão claramente da sexualidade para evangélicos, sem parecer retrógrados.

Outro movimento cristão que bombou na web há alguns anos – e continua bombando aqui no A Vida Secreta – foi o SexxxChurch - www.sexxxchurch.com.br - e até comentado aqui no A Vida Secreta. Um movimento jovem, para jovens, que usando de um apelo totalmente novo (as campanhas de marketing deles eram chocantes, mas até divertidas), falando de sexo, de todos os temas tabus (pornografia, homo e transsexualidade, masturbação…), debatiam abertamente os valores do cristianismo (fidelidade, castidade…). Sinceramente não sei se ainda estão ativos, pois o site não está mais no ar (encaminha para o canal no Vimeo) e o Flickr não é atualizado desde 2008, apesar do Twitter – @sexxxchurch – se manter ativo.

É lógico que, tendo como base as escrituras, em ambas as iniciativas, há limitações (homossexualidade, adultério e sexo antes do casamento ainda são tabus), no entanto, creio que ter aberto o debate que o exercício pleno da sexualidade dos casais faz parte de um plano espiritual (também) foi, sem dúvida, um ato de coragem.

Um Novo Perfil de Fiéis Sexualmente Conscientes

Enquanto isso, outras iniciativas de evangélicos demonstram que é possível professar sua fé, sem que pra isso seja exigido uma postura castradora e retrógrada.

Recentemente foi com extrema alegria que li no blog A Evangelistawww.aevangelista.wordpress.com - um post super consciente  sobre a decisão do STF reconhecendo a união homoafetiva. Nele a autora de modo extremamente lúcido fala da homossexualidade e seus direitos, não só como uma questão de direitos humanos, como muitos se limitaram a fazer, mas sobretudo com um olhar cristão.

“(…) Ele (Jesus) amou ladrões, amou prostitutas, amou a pior escória do mundo… E nós, cristãos, cada dia mais exercemos a intolerância a pessoas que querem apenas o direito de livre arbítrio que Deus as deu (…)”

A Evangelista

A Sex Shop Gospel BooK22www.book22.com – que nasceu da necessidade que a dona da empresa encontrou de buscar produtos interessantes para apimentar seu casamento sem esbarrar em “pura pornografia”, acabou se mostrando uma oportunidade. A página da loja, extremamente clean, estampa no topo um trecho de um dos cânticos de Salomão (6:3): “Eu sou do meu amado e meu amado é meu” que demonstra que entre quatro paredes tudo o que acontece em um casal só diz respeito aos dois. A loja tem um mix de produtos que, ainda que não seja dos mais apimentados, conta com óleos de massagem, vendas, vibradores, bullets além de massageadores de ponto G (e próstata?).

Isso me faz lembrar da evangélica que é professora de pompoarismo e dança do ventre. Ela, que aprendeu a prática de maneira autodidata enquanto pesquisava mais sobre doenças urinárias na internet, descobriu que o exercício da musculatura vaginal ajudou tanto no tratamento da sua infecção urinária, quanto na manutenção de seu casamento. Passou a comentar com as amigas da igreja, que lotavam sua casa nos fins de semana querendo mais e mais dicas até que ela desenvolveu um método de ensinar não só as amigas, mas a todas as interessadas.

”Além de quebrar a rotina, o pompoarismo deixou a Lu mais confiante e fogosa, com a libido aflorada! Ela tem facilidade para alcançar o orgasmo, o que faz muito bem para o meu ego. Estamos juntos há sete maravilhosos anos.”

Depoimento do marido da professora – Revista Sou + Eu

Não estou aqui para dizer o que é certo ou errado, para enaltecer esta ou aquela religião, mas temos que admitir que tais iniciativas mostram que o mundo evolui, inclusive a fé. Mostram que é possível ter fé e vivenciá-la sem ser intransigente e fechado.

Sem dúvida, merecem aplausos!

3 opiniões sobre “A Vanguarda do Sexo Cristão”

  1. Eu não me atenho a religiões, sou católico mas não praticante. Mas a verdade é que tudo o que quero é uma vida afetiva mais carinhosa onde possa me sentir à vontade para falar de tudo e principalmente conversar sobre sexo, desejos, tesões e emoções. Além de conhecer uma parceira que me faça bem e me tire a timidez…

  2. ontem mesmo eu estava discutindo sobre sexo e religião… muita coisa seria mais fácil se o diálogo fosse mais aberto e não o pensamento nem tão primitivo como em alguns segmentos.

    mas meus questionamentos eram especificamente voltados para a opus dei.

    bj

Os comentários estão encerrados.