A aposentadoria do A Vida Secreta e um obrigado a todos vocês

Queridíssimos…

É com saudade e também muito carinho que retornamos com este post para informar da aposentadoria do A Vida Secreta, um espaço pioneiro no debate sobre comportamento sexual, que ao longo de cinco anos levou informação e entretenimento sobre erotismo e sensualidade de forma simples e direta.

Finalizamos as atualizações, fechamos os comentários, no entanto, continuaremos com o conteúdo online, disponível para pesquisa e compartilhamento em licença Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil (saiba mais aqui)

Tudo se transforma. A mudança é a única coisa que não muda.

De um blog feito para si, meio que uma egotrip e terapia, o Me and My Secret Life, se transformou num blog cheio de comentários e papos que ajudavam dezenas de pessoas. Então, se transformou no A Vida Secreta, um site despretensioso, onde ajudamos e respondemos dúvidas de centenas de pessoas e depois alguns milhares de pessoas.

Sem percebermos, a parceria entre a B e Admin virou a parceria e amizade entre Beth Vieira e Celso Bessa e, juntos, fundamos uma consultoria e uma startup.

Sem percebermos também, fizemos parte e ajudamos a fortalecer uma transformação de valores na sociedade brasileira. Assim como mais uma meia dúzia de bons blogs pioneiros e contemporâneos como Pinky, The Kinky, Pequenos Delitos, Sexto Sexo, Bruna Surfistinha e alguns outros, o A Vida Secreta, com sua proposta pioneira de tratar sexo de forma séria, ajudou a tirar um monte de tarjas pretas e a tirar o sexo dos guetos internético e as redações dos armários, fortalecendo a discussão sobre sexualidade, pluralidade, liberdade e diversidade.

Se desde 2010, cada vez mais jornais, revistas e programas de TV passaram a falar abertamente de sexo e aos poucos perdendo o ranço de bizarrice ou diversão e hoje há tantos blogs grandes de sexo, foi por causa do caminho aberto pela B e estes pioneiros.

Sem querer, todos nós nos transformamos em revolucionários. Daquelas revoluções pequenas, diárias, que transformam o cotidiano em história. E agora, chegou a hora de uma nova transformação e novos capítulos nesta história:

O A Vida Secreta está sendo aposentado.

Sim, aposentado e não encerrado ou morto: como quem já trabalhou e fez bastante pelo mundo, e agora vai apenas aproveitar o que construiu, acompanhar seu legado.

B e Admin, Beth e Celso, porém, não se aposentam, mas agora têm outras prioridades e projetos para tocar, todos eles, frutos do que fizemos e aprendemos por aqui. Mas, mesmo em seus novos caminhos, não abandonam os valores que criaram o A Vida Secreta:

  • conteúdo de qualidade
  • colaboração
  • diversidade
  • safadeza e liberdade com responsabilidade.

A B/Beth segue cuidando de seus blogs safadinhos, sua coluna sobre sexualidade no Vila Mulher e novos projetos. Admin/Celso passa a dedicar a dois projetos de conteúdo colaborativo: Paqt e Wikisexo (para os mais safadeeenhos)

Então queridos leitores e ouvintes do podcast, ídolos e amigos, dizemos de coração:

Muito obrigado por ajudarem por tudo o que fizemos juntos.

E contamos com vocês em nossas novas realizações.

Aos parceiros como XPlastic, PopPorn Festival, Rádio Lambisgóia, os autores do projeto Blogs Eróticos, colunistas e muitos outros: muito obrigado pelas oportunidades e aventuras juntos.

E um obrigado especial ao Daniel Henrique, o entremeado, que representa nossa história: de leitor do Me and My Secret Life, virou leitor e colaborador do A Vida Secreta, depois colunista LGBT e nosso sócio na 2Aces.

Para acompanhar as peripécias da B. fique de olho nas atualizações devezemquandais de seus outros blogs safadinhos:

Enquanto isso o Admin Secreto, segue com dois projetos novos: Wikisexo e Paqt.

Agradecemos de coração o carinho de vocês ao longo de todos estes anos e convidamos a todos que nos acompanhem em nossos novos projetos. Vem coisa boa por aí!

Beijos!

B e Admin.

As Pinups de Gil Elvgren

Nascido em 1914, Gillette A. Elvgren estudou design e arquitetura na Universidade de Minnesota e também cursou aulas de arte no Instituto de Arte de Minneapolis. No ano de 1937 começou a pintar Pin Ups para o calendário de uma prestigiada agência de publicidade, a Louis F. Dow. Em 1944 foi contratado pela empresa Brown & Bigelow, para quem trabalhou por cerca de 30 anos ilustrando calendários.

Ilustração de Pin up colocando meia-calça
Out on a Limb (1937), trabalho bem do começo da carreira de Elvgren, feito para a agência Louis F. Dow
Imagem de pinup sentada em cama, retirando a meia-calça
I’m Not Shy – I’m Just Retiring (1948), aqui já podemos ver como o estilo do artista começou a mudar com o passar do tempo.

Além das pinups, também ficou conhecido pelas peças publicitárias feitas para a Coca-Cola por 25 anos, onde retratou a típica família americana, crianças e jovens em cenas cotidianas. Outras muitas ilustrações suas foram publicadas nas revistas McCall’s, Cosmopolitan, Good Housekeeping e Woman’s Home Companion.

Pinups em barco bebendo coca-cola
Aqui uma das peças publicitárias de Gil Elvgren feitas para a Coca-Cola,

Seu trabalho era cuidadosamente planejado. Somente depois de transformar uma ideia em uma situação visual ele selecionava a modelo certa para a cena, decidia o figurino, adereços e iluminação. Então tirava a fotografia e começava a pintar a partir dela. Dizem que o artista preferia retratar mulheres com testa alta, pescoço longo, olhos ligeiramente afastados, orelhas pequenas, nariz arrebitado, cabelo compridos, seios fartos, pernas e mãos bonitas, cintura fina, elegância e graça natural.

Durante a pintura fazia modificações nas proporções do corpo, buscando um ideal de beleza. Ele “alterava o contorno do busto, a silhueta das pernas, reduzia ainda mais a cintura, acrescentava mais inclinação ao nariz, tornava a boca mais cheia e sensual, ampliava os olhos e torneava curvas do corpo”. Nesse link você encontra uma seleção de imagens comparando as modelos reais e o resultado final da arte:

http://migre.me/bYDmR.

Me divirto percebendo essas alterações!

Montagem de foto ao lado de ilustração com modelo sentada se preparando para vestir um vestido
Um exemplo da foto com a modelo na situação que o artista queria, à esquerda, e o trabalho final, à direita.

Atrizes do cinema norte-americano, como Myrna Hansen, Myrna Loy, Donna Reed, Arlene Dahl, Barbara Hale e Kim Novak passaram por seu estúdio antes de se tornarem conhecidas.

Close da modelo Myrna Hansen como Pin up
Myrna Hansen, atriz, foi uma das modelos que mais posou para o ilustrador. Foto 1
Foto de modelo sentada e fazendo pose
Myrna Hansen, atriz, foi uma das modelos que mais posou para o ilustrador. Foto 2

A primeira coisa que me chama a atenção quando vejo um trabalho dele é a expressão das moças: sempre alegres ou com aquela cara de quem foi pega desprevenida. Algumas vezes, chegam a ser até caricatas.

Acredito que isso aconteça porque o artista buscava imprimir personalidade às suas pinups, e não só a sua ideia da beleza perfeita. A forma como ele retratava a sensualidade era bem doce e leve, nada vulgar, sempre colocando a semi-nudez no contexto de uma cena.

Modelo apenas de lingerie em uma balança
Mocinhas bonitas com pouco roupa em situações engraçadas! Weighty Problem (1962) é uma das obras que mais gosto não só pelo trabalho de Elvgren, mas também porque mostra que já faz um tempo que a mulhereda tem esse desentendimento besta com a balança!

Dessa forma, entre os anos 1940 e 1960, Elvgren foi o responsável por sintetizar a imagem da mulher americana.

Ele também conseguiu ao mesmo ganhar o respeito de seus colegas de profissão por sua habilidade técnica e conquistar o grande público.

Recentemente a fotógrafa Celeste Giuliano recriou a ilustração “Cold Feet”, de Elvgren. A fotografia ganhou uma cara de ilustração, veja os bastidores e o resultado abaixo.

Elvgren morreu aos 65 anos, de câncer, em 1980, mas suas pinups são conhecidas e celebradas no mundo todo. Quer ver mais trabalhos dele? Acesse meu board no Pinterest: http://pinterest.com/mairaspilack/pinups-gil-elvgren/

Maira Spilack é designer por formação e paixão, quando não está trabalhando, está juntando inspirações visuais que você pode conferir no pinterest.com/mairaspilack. Como toda libriana, divide o amor pela sua profissão com o amor pela dança e faz parte do coletivo de arte burlesca Santíssima Burla.

Links sobre Pin-Ups e Gil Elvgren

A Vida Secreta no programa Doutor do Sexo, na TV ABCD

Hoje o programa Doutor do Sexo, da TV ABCD, contará com a participação do A Vida Secreta, através do Admin Secreto / Celso Bessa, por telefone. O programa sobre sexualidade é apresentado pelo urologista e sexólogo Celso Marzano e a terapeuta Samanta Fonseca.

O programa é transmitido ao vivo às quartas-feiras, às 21h00 e o público pode participar enviando perguntas e comentários e você pode assistir via o site da TV ABCD (clique aqui).

Então, até as 21h00!

Apresentadores do Programa Dr. do Sexo
Apresentadores do Programa Dr. do Sexo

Festa Carroussell – Natal de Rei, Noite de Elvis

A Festa Carroussell, escolhida pela revista Época SP como a melhor festa para ir com amigos em São Paulo em 2012, terá sua última edição do ano neste sábado, dia 22.

Nesta edição – com o tema Natal de Rei, Noite de Elvis – terá show da banda A Serviço do Rei e performances burlesca do Santíssima Burla, mais Sweetie Bird e Sete de Ouros do The Burlesque Takeover, que for vestido com o dresscode do tema ganha desconto na entrada.

Bora?

Serviço Festa Carroussell – Natal de Rei, Noite de Elvis

Onde: Kitsch Club
Endereço: Rua Vergueiro, 2676 – Vila Mariana (próximo à estação Ana Rosa do metrô).
Horário: das 23h00 às 05h00
Entrada: R$15 dresscode, com ou sem nome na lista; R$20 sem dresscode, com nome da lista; R$30 sem nome na lista, sem dresscode ou após 1h30.
Lista Amiga (Desconto) no facebook ( clique aqui ) ou pelo e-mail [email protected]

Convite Festa Carroussell - Natal de Rei, Noite de Elvis
Convite Festa Carroussell – Natal de Rei, Noite de Elvis

A Boneca Masoquista

Para encerrar a semana e no espírito do post anterior, uma imagem lúdica e diferente do BDSM – especialmente do Bondage, da submissão e masoquismo.

Foto de Babel Glyph, no Flickr: http://pack.to/VGNobn

Foto de boneca amarrada a amordaçada
Boneca masoquista na foto Miss Masochist: Swin Suit de Babelglyph, no Flickr: http://pack.to/VGNobn

Bom fim de semana a todos.

Sadomasoquismo na Universidade de Harvard

A cultura universitária norte-americana é cheia de particularidades. Uma delas são os grupos de estudantes. Estes grupos, alguns secretos e outros públicos, marcam esse tempo de aprendizado. Seus temas podem ser, desde que um grupo de mulheres (remanescente da época em que as mulheres eram poucas na universidade) a fãs de histórias em quadrinhos.

Agora um novo grupo chega a Harvard, uma das melhores universidades do mundo, o de Sadismo e Masoquismo. Chamado por seus membros de Munch, o grupo acabou de ser aceito pelo Comitê de Vida Estudantil e tem como foco “conhecimento preciso sobre sexualidades alternativas“.

Mas o mais legal disso tudo, é que não se trata de um clube de sexo, graa

aaaaaaaaande confusão que ocorre com a maioria das coisas denominadas de fetichistas ou S&M, e sim um local aonde pessoas possam compartilhar conhecimento e conhecer outros praticantes, através de reuniões, sessões de filme, etc. Em sua ata, eles proíbem qualquer tipo de interações sexuais durante suas reuniões oficiais, atitude sensata a meu ver, já que me cansei de acharem que tudo o que nós fetichistas fazemos é orgias.

Não sei o porque mas me deu uma vontade de pedir transferência e estudar lá. <3

Emilia Aratanha é a pessoa por de trás da performer Miss Tibia & The Random Crazy Shit, entre suas loucuras, acha que o 1o passo para um bom relacionamento é comunicação.

(com informações do G1 http://pack.to/QYCzom)

Botas e cordas. Sadomasoquismo na Universidade de Harvard.
Clube de Estudantes dedicado ao sadomasoquismo na Universidade de Harvard.